PF prende 11 por fraude no Fundo de Amparo ao Trabalhador, Escritório Contábil envolvido

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quarta-feira (23) a Operação Sala Azul, com o objetivo de desarticular um esquema organizado que fraudava o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) e vinha atuando desde 2014 nas cidades de Vilhena e Colorado do Oeste, no Cone Sul rondoniense.

Onze pessoas foram presas e 21 mandados de busca e apreensão cumpridos em residências e empresas, além do sequestro de bens para ressarcimento dos prejuízos. Participaram da operação 90 policiais federais.

A fraude consistia em aliciar pessoas interessadas em receber o seguro-desemprego mesmo sem ter qualquer direito, para que elas fornecessem documentos verdadeiros e serem incluídas como trabalhadores de empresas fantasmas.

Com os documentos em mãos os fraudadores confeccionavam os documentos próprios para se dar entrada nos pedidos de levantamento de FGTS e de seguro-desemprego.

 

Deixe uma resposta